quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

"SERÁ O MEU FILHO ANSIOSO? SINTOMAS A ESTAR ALERTA



Nas crianças, um dos principais sintomas é a dor de barriga!
Se o seu filho se queixa de uma dor de barriga no primeiro dia de aulas ou durante outro evento que possa ser uma novidade, há uma boa hipótese dessa dor não ser devida a algo que a criança comeu mas sim devido a algo que a criança sente: Ansiedade.
Muitas vezes, os pais vão ao médico, fazem exames e, o que se concluí é que o sistema digestivo da criança está a funcionar como deveria, sem qualquer bloqueio, infeção ou doença. Podemos pensar que é fita ou que é uma forma de fugir a algo que não quer fazer mas, ATENÇÃO…O fato de não acusar nada nos exames médicos não significa que a dor não seja real. Na realidade, quando ansiosa, a criança sente verdadeiramente a dor de barriga e a mesma é verdadeiramente incomodativa! A criança sente-a como real e física!
A “coisa” passa-se mais ou menos assim…
O Estômago pode quase ser entendido como "o segundo cérebro ', pois, na realidade, é o órgão que mais reflete as nossas emoções…é como se o estômago fosse a “casa” do sistema nervoso entérico, O sistema nervoso entérico faz parte do sistema nervoso autónomo e é uma rede de neurónios que integram o sistema digestivo e que detém centenas de milhões de células nervosas,
Se as dores de barriga e a ansiedade são comuns na vida do seu filho, ficamos sempre no dilema do ovo e da galinha “quem é que veio primeiro?”.
Independentemente do que surgiu primeiro, um vai acabar por “alimentar” o outro, criando um ciclo vicioso onde a ansiedade leva a dor de barriga, que leva a uma maior ansiedade, que leva a uma maior dor de barriga que cria maior ansiedade, que faz com que a barriga doa ainda mais (e assim por diante)
IMPORTANTE!!!!
Antes de mais é fundamental o despiste clinico. Pode ser ansiedade mas também pode não ser! Se existem meios de despiste, vamos usá-los para melhor ajudarmos a criança.
Se o médico confirmar que está tudo bem com a criança então podemos analisar as dores do ponto de vista emocional e, remeter as mesmas para um eventual quadro de ansiedade.
Para além da dor de barriga, existem outros sintomas através dos quais a ansiedade se pode manifestar:
• SINTOMAS PSIQUICOS DA ANSIEDADE
A Ansiedade pode provocar alguns sinais psíquicos como:
Preocupações, tensões ou medos exagerados (a pessoa não consegue relaxar);
Sensação contínua de que um desastre ou algo muito ruim vai acontecer;
Preocupações exageradas com “coisas de adultos”;
Medo extremo de algum objeto ou situação em particular;
Medo exagerado de ser humilhado publicamente pelos colegas;
Pavor depois de uma situação muito difícil;
• SINTOMAS FÍSICOS DA ANSIEDADE
A Ansiedade pode provocar alguns sinais físicos como:
Taquicardia,
Suores frios
Tremores,
Tensão muscular,
Aumento das secreções urinárias e fecais;
Dor de cabeça
Insónia;
Falta de ar;
Sensação de desmaio;
Dores no peito;
Nó na garganta;
Boca seca e dificuldade em engolir;
Uma das maneiras de diferenciar a ANSIEDADE GENERALIZADA da ANSIEDADE NORMAL é através do tempo de duração dos sintomas. A ansiedade normal restringe-se a uma determinada situação e, mesmo que uma situação problemática causadora de ansiedade não mude, vai diminuindo o grau de desconforto com o tempo, ainda que a situação permaneça desfavorável."
Workshop "Ajudar e compreender a criança ansiosa"
Clínica ASAS, Portimão
Texto integrante do Manual para pais e educadores
Para adquirir o Manual poderá dirigir-se à Clínica ASAS, em Portimão ou, solicitar o envio por correio!
Valor: 5 euros